Fran Curtis, porta-voz dos Rolling Stones, declarou em comunicado oficial nesta quarta-feira (2) que o baterista Charlie Watts não deixou o grupo. A notícia ganhou o mundo da música após ser publicada nesta manhã pelo site australiano Undercover, citando como fonte uma pessoa ligada ao grupo inglês.

“Ao contrário do que afirma essa notícia fabricada que surgiu hoje na mídia, Charlie Watts não saiu dos Rolling Stones”, diz a nota assinada por Curtis.

De acordo com o site, Watts, de 68 anos e integrante dos Stones desde 1963, teria pedido as contas por não estar mais interessado em excursionar. Além disso, os integrantes remanescentes estariam negociando com Charlie Drayton, baterista do projeto paralelo do guitarrista Keith Richards, Expensive Winos, para assumir as baquetas na próxima turnê do grupo, que deverá acontecer no ano que vem.

Sem mais artigos