A Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) efetuou a maior
apreensão de produtos piratas do ano em uma operação realizada nesta sábado (14). No
total, 12 toneladas de equipamentos foram apreendidas. A finalidade era
coibir o comércio irregular na Quadra B do Camelódromo da Uruguaiana,
centro do Rio.

Segundo informações da Prefeitura, a ação foi desencadeada depois de denúncias
anônimas, que levaram a Secretária Estadual de Ordem Pública a mapear o
local. A ação desencadeada a partir das investigações mobilizou 165
agentes das subsecretarias de Operações e de Controle Urbano, da Guarda
Municipal, da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) e das
policiais Civil e Militar.

Os donos dos estandes, que não
estavam no local no momento da apreensão, serão identificados pela
Comissão de Licenciamento e Fiscalização (CLF) e responderão
criminalmente. Foram apreendidos tênis, blusas, óculos, cigarros, mídia
digital, eletrônicos em geral.

Segundo o
subsecretário de Operações da Seop, delegado Ruchester Marreiros, toda
a mercadoria foi encaminhada ao Batalhão da Guarda Municipal, onde está
sendo contada. A mercadoria será ainda periciada pelo Instituto Carlos
Éboli e, após o processo criminal, destruída.

Sem mais artigos