Foi aprovado em primeira votação na Câmara de São Paulo, um projeto que propõe que as escolas da rede municipal da cidade criem uma lista dos alunos malcriados. O projeto é do vereador Gabriel Chalita (PSDB) e para entrar em vigor precisa ser aprovado em segunda votação e sancionado pelo prefeito Gilberto Kassab.


 


A ideia é que os alunos que ofendem, ou intimidam os colegas praticando o chamado “bullying” tenham os nomes em um relatório de ofensas que será enviado à Secretaria Municipal da Educação. Apesar disso, o registro não tem caráter punitivo.


 


“A minha visão é ter um diagnóstico do que acontece, até para saber como agir. Não tem criminalização nenhuma, queremos apenas saber como está esse problema”, afirma o vereador.  Chalita disse ainda, que acredita que esse tema seja um dos grandes males da educação, já que a escola é lugar de respeito e não de humilhação.

Projeto prevê criação de lista de alunos desobedientes em SP

Sem mais artigos