As equipes de resgate já encontraram os corpos de quatro pessoas mortas na colisão ocorrida no sábado (8) entre um helicóptero e um avião de pequeno porte sobre o rio Hudson, em Nova York (EUA).

No total, nove pessoas estão envolvidas no acidente, todas sem condições de serem localizadas vivas, de acordo com o prefeito da cidade americana, Michael Bloomberg.

As buscas pelos outros cinco corpos foram interrompidas na noite de sábado, mas reiniciadas na manhã deste domingo (9). De acordo com a rede de televisão CNN, três pessoas, dois adultos e uma criança, que estavam a bordo do avião Piper PA-32 foram retiradas das águas: o piloto e dono da aeronave, Steven Altman, seu irmão Daniel e o sobrinho Douglas

Ainda de acordo com o canal, o helicóptero American Eurocopter AS350, pertencente à empresa de voos turísticos Liberty Helicopter, transportava cinco pessoas. Elas faziam parte de um grupo de 12 italianos que estavam nos Estados Unidos a passeio.

De acordo com Bloomberg, as investigações preliminares indicam que o avião bateu na traseira do helicóptero. O acidente ocorreu próximo às 12h em Nova York (13h em Brasília) e foi visto por várias pessoas que passeavam ao redor do rio Hudson, que faz divisa entre Nova York e Nova Jersey.

Sem mais artigos