Algumas áreas de Barueri e Carapicuiba, municípios da Grande São Paulo, ficaram alagadas na manhã desta terça-feira (27). Carros ficaram alagados e moradores ilhados em algumas residências.

O alagamento ocorreu nos bairros Vila Lurdes e Jardim Maria Helena, que ficam no limite entre os dois municípios. De acordo com a Defesa Civil de Carapicuíba, o motivo da inundação é avaliado, já que a água invadiu as ruas durante a madrugada desta terça-feira (27), quando não chovia mais nos municípios.

“Está confuso o que causou o problema”, disse José Moreira Almeida, diretor da Defesa Civil de Carapicuíba, ao G1.

Já a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou que chuva fez com que o Rio Cotia transbordasse. Como em sua margem há uma ocupação que seria irregular, não há por onde a água escoar, o que teria provocado o alagamento.

Acima da média

Na segunda-feira, o temporal que atingiu São Paulo foi responsável por 27% da chuva esperada para o mês de outubro. De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da prefeitura, em apenas um dia, a precipitação média foi de 33,6 mm (o esperado para o mês é de 124 mm).

Nos últimos 12 dias, o acumulado da chuva na capital chegou a 145,7 mm, 17,5% a mais que a média histórica nos meses de outubro, que é de 124 mm.

Rio transborda e deixa ruas da Grande SP debaixo d'água

Sem mais artigos
Sair da versão mobile