Ronnie Wood, membro dos Rolling Stones, foi detido na noite de quarta-feira pela Polícia inglesa por uma suposta agressão à namorada, informou hoje a Polícia do condado de Surrey, no sul de Londres.


 


O músico, de 62 anos, foi detido em plena rua na localidade de Claygate, depois que a Polícia recebeu uma denúncia anônima sobre a agressão.


 


Segundo a agência Press Association (PA), tudo aponta que a agressão foi contra sua namorada, a russa Ekaterina Ivanova, de 20 anos, durante uma briga do casal.


 


“Podemos confirmar que um homem de 62 anos com residência em Esher foi detido na noite passada como suspeito de agressão em um incidente doméstico. Nesta tarde, ele foi liberado após o pagamento de fiança até o mês de janeiro, à espera que se realizem investigações posteriores”, disse o porta-voz Polícia de Surrey.


 


Em setembro, a Polícia teve de ir à casa de Wood, em Londres, por causa de uma forte discussão entre o músico e a namorada, Ekaterina, que aparentemente ameaçou suicídio.


 


Scotland Yard confirmou que os policiais tiveram durante a madrugada na casa de Wood, no norte de Londres, depois de um vizinho chamar a Polícia.


 


A briga começou depois de uma festa na mansão que Wood tem em Londres, avaliada em 5 milhões de libras (5,5 milhões de euro).


Conforme os vizinhos, o barulho foi enorme e os dois se insultavam, em uma das muitas discussões acaloradas do casal.


 


Wood e a jovem russa se conheceram no ano passado e sua relação foi o motivo da ruptura do casamento do guitarrista com Jo, com quem esteve casado por 23 anos.

Sem mais artigos