Cerca de 2 mil torcedores do Milan compareceram hoje à reapresentação do elenco da equipe no centro de treinamentos de Milanello e não pouparam vaias ao presidente e dono do clube, Silvio Berlusconi.

Os manifestantes se concentraram do lado de fora do CT em meio a um forte esquema de segurança e, munidos de faixas, criticaram a política de contratações adotada pela direção do Milan nos últimos anos.

“Antes compravam Baggio; agora, só Caravaggio” dizia uma inscrição em um dos cartazes, que se referia à suposta aquisição de um quadro do famoso pintor italiano por parte de Berlusconi.

“Continuaremos com nossos protestos contra quem não mostra amor pelo Milan e por quem está ocupado exclusivamente em tarefas extra-futebolísticas”, afirmaram os torcedores por meio de nota divulgada à ikmprensa.

Os jogadores, por outro lado, foram prestigiados, principalmente Ronaldinho Gaúcho, um dos mais aplaudidos ao se aproximar dos fãs para tirar fotos e dar autógrafos. O atacante Alexandre Pato, o zagueiro Alessandro Nesta e o novo técnico da equipe, Massimiliano Allegri, também receberam o carinho dos torcedores na reapresentação.

Sem mais artigos