O atacante Ronaldo, que volta a defender o Corinthians contra o Goiás, afirmou em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira, que voltaria à seleção brasileira mesmo que fosse para ficar na reserva.

“Desejo ir à a Copa e voltar à seleção é evidente que eu tenho. Quando a gente é convocado não vem escrito que tem que ser titular. Vou ter a humildade que sempre tive e estar disposto a ajudar e fazer parte do grupo se for convocado”, disse.

Questionado sobre ocupar o lugar de Luis Fabiano, atual camisa 9 da seleção, Ronaldo aproveitou para fazer elogios ao escolhido de Dunga. “O Luís Fabiano é um grande jogador e merece tudo isso que está acontecendo. Ele esperou pacientemente pelo seu espaço e hoje é uma unanimidade merecidamente, pelos resultados e gols importantes tanto no clube quanto na seleção brasileira”, concluiu.

Sem mais artigos