São Paulo registrou sua primeira morte por gripe suína nesta sexta-feira (10). A vítima é uma menina de 11 anos, de Osasco. Ela morreu no dia 30 de julho, apenas seis horas depois de dar entrada no hospital.

Quando ela chegou ao hospital, estava com dor abdominal, vômito e febre. No dia seguinte, a registrou febre de 39 graus. O irmão da menina estaria com a gripe também, mas aparentemente passa bem.

Já o pai da garota segue internado no Hospital Emílio Ribas, em São Paulo. Apesar de estar com algum mal-estar respiratório, ele passa bem. Outra menina que teve contato com a família também foi contagiada, mas passa bem.

As informações foram divulgadas pela Secreatria de Estado da Saúde de São Paulo.

Sem mais artigos