Arqueologistas encontraram o sapato de couro mais antigo do mundo. Hoje parece só um pedaço de couro costurado, mas na época era quase um Prada.

Conservado por 5,5 mil anos embaixo de um monte de esterco de ovelhas, o sapato pré-histórico foi encontrado em uma caverna seca da Armênia, na fronteira com o Irã e a Turquia.

Sapato de couro mais antigo do mundo (Foto: Reprodução/Discovery News)

Sapato de couro mais antigo do mundo (Foto: Reprodução/Discovery News)

O pé direito (o esquerdo não foi encontrado ainda) tem 24.5 cm de comprimento e vai de 7.6 a 10 cm de largura, o equivalente a um sapato número 38 feminino. Apesar do tamanho, os arqueologistas não sabem determinar se o calçado pertencia a um homem ou mulher, porque não dá para determinar o tamanho das pessoas que viveram naquela época.

Para se ter uma idéia da idade do pisante, ele é mais velho do que as pirâmides do Egito e do que Stonehenge, o santuário de pedras na Inglaterra. Três amostras foram enviadas para a Universidade de Oxford, para a Californa Irvine e para a Universidade de Cork, e as três tiveram o mesmo resultado, o sapato é de 3.500 A.C. A mesma época em que os humanos inventaram a roda e domesticaram cavalos.

Se o vintage está na moda, vai ter um monte de gente com mocassim cheio de grama, com cadarços amarrando os quatro ilhóses do calcanhar e os 15 na parte de cima. Quem precisa de Croc ou Havaianas? A moda agora vai ser o sapato armênio.

Sem mais artigos