A Universidade de São Paulo – USP – analisa um projeto que, se aprovado, vai mudar a prova da Fuvest. Entre várias reformulações está fazer com que a primeira fase seja eliminatória, como um filtro, e sua nota, não contabilizada.


 


Outra mudança é que a segunda fase contenha todas as disciplinas do ensino médio, e não só português, redação e matérias ligadas à carreira escolhida pelo candidato, como acontece hoje em dia. Caso aprovada esta proposta, a segunda fase durará três dias.


 


Segundo a Pró-Reitoria de Graduação, as propostas estão em estudo e serão decididas pelo Conselho de Graduação em abril ou maio.


 

Sem mais artigos