E se parte do seu salário fosse pago em hambúrgueres? Parece mentira, mas é o que está para acontecer com a seleção tailandesa de futebol, que, em busca da evolução do esporte no país, fechou um patrocínio com o McDonald’s.

O contrato assinado entre a FAT (Federação Tailandesa de Futebol) e a rede de fast-food prevê uma duração de três anos da parceria. Como pagamento, os jogadores da Tailândia receberão uma parte maior, claro, em dinheiro, e a outra, em produtos comercializados nas lojas do McDonald’s.

Esse acordo entre o tailandeses e McDonald’s faz parte do projeto do país, que ocupa atualmente o 110º lugar do ranking de seleções da FIFA, em participar da sua primeira Copa do Mundo, em 2014, no Brasil.

Sem mais artigos