O Universal Channel estreia no Brasil, no próximo dia 9/11, a série de tribunal The Good Wife, que já chega prometendo ser um sucesso entre o público feminino, se depender de sua trama.

Isso porque a personagem principal é Alicia, interpretada magistralmente por Julianna Margulies, que largou sua carreira para tomar conta de sua família e, 15 anos depois, se vê envolvida em um escândalo ético-sexual de seu marido, um político famoso (Chris Noth, o Mr. Big de Sex and the City). Ele vai preso e ela é obrigada a voltar ao trabalho, recomeçando sua carreira de advogada e tendo de enfrentar o preconceito público e profissional por causa do passado escancarado para a mídia.

A palavra de ordem é “superação”. A história é claramente inspirada pelos escândalos americanos, incluindo aquele envolvendo Hillary Clinton (cuja foto está emoldurada no escritório da chefe de Alicia, no episódio-piloto).

Sucesso
O primeiro episódio de The Good Wife foi assistido por mais de 13 milhões de pessoas nos EUA, e vem mantendo esta média desde então.

A série foi escrita pelo casal Michelle e Robert King e contou com a produção executiva de Ridley Scott e seu irmão, Tony, que já produziram/dirigiram vários filmes, como Thelma e Louise.

THE GOOD WIFE
Estreia 9/11, segunda-feira, no Universal Channel

Série de tribunal "The Good Wife" chega ao Brasil como uma promessa de sucesso entre o público feminino

Sem mais artigos