O setor bancário foi responsável por 23,5% do lucro líquido obtido pelas empresas de capital aberto do Brasil no primeiro semestre do ano, que somou R$ 61,061 bilhões, de acordo com um estudo divulgado nesta segunda-feira (17) pela empresa de consultoria Economática.

Os 21 bancos tiveram no semestre um lucro de R$ 14,33 bilhões, com o que lideraram a lista de setores com mais lucro, de acordo com a Economática, que estudou os balanços de 303 empresas de capital aberto que já divulgaram seus resultados no primeiro semestre.

O lucro somado dos bancos superou inclusive o obtido no período pela Petrobras, cujo saldo positivo foi de R$ 13,5 bilhões.

O lucro da Petrobras representou 22,2% do total obtido pelas 303 companhias.

Em terceiro lugar ficaram as 36 empresas do setor de energia elétrica, com 12,9% do total do lucro, seguido pelas do segmento de mineração (7 empresas, com 7,6% do total), alimentos e bebidas (16 empresas, com 6,2%) e papel e celulose (5 empresas, com 3,3%).

As 11 empresas de transporte de capital aberto obtiveram 3% do total do lucro, as 13 de química ficaram com 2,9%, as 26 de construção registraram 1,9%, as 10 de comunicações, 1,8%, e as 19 de siderurgia e metalurgias, 1,6%.

Sem mais artigos