A cantora de R&B Solange Knowles, irmã de Beyoncé, negou os rumores de que havia sido demitida de sua gravadora por conta das vendas caídas de seu último álbum, <i>Sol-Angel and The Hadley St. Dreams</i>.

Relatos divulgados na quarta-feira (8) dizem que a caçula de Beyonce tinha sido mandada embora da Geffen/Interscope/A&M após ter vendido apenas cerca de 138 mil cópias do seu álbum.

O pai das cantoras, Mathew Knowles, que gerencia a carreira de Solange em sua empresa MusicWorld Entertainment, garantem que  o contrato de sua filha ainda tem validade.

“O acordo entre a World Music e Geffen/Interscope/A&M está muito claro em relação à Solange. Ela permanece parte da família da gravadora”. Um porta-voz da Interscope complementou dizendo que “contrariamente a rumores que circulam pela internet nos últimos dias, Solange continua a ser parte da Geffen/Interscope/A&M”.    

Sem mais artigos