Seis soldados israelenses estavam em serviço na cidade de Hebron quando resolveram gravar um vídeo com um passinho de dança. Seguindo a batida do sucesso pop Tik-Tok, da cantora Ke$ha, e armados até os dentes, o pelotão se diverte com a coreografia.

Hebron é uma cidade sagrada e uma região muito conflituosa, talvez por isso as reações ao vídeo não sejam muito amigáveis.  O vídeo original foi removido pelo usuário, que teria sido contatado pela IDF – Forças Armadas de Israel.

O site Israel News especula que os soldados devem ficar à mercê de medidas disciplinares. Muito diferente dos soldados americanos no Afeganistão que dançaram Lady Gaga no horário de folga. Ou o pessoal não gosta de Ke$ha, ou acha um pulta falta de sacanagem dançar em território sagrado, ou realmente pega mal dançar na hora do serviço.

Façam coreografias, não façam guerra.

Sem mais artigos