Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4


/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4


/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

O banco suíço UBS perdeu cerca de 2 bilhões de
francos suíços (1,3 bilhão de euros) no primeiro trimestre do ano e informou
que porá fim a 8.700 postos de trabalho dentro de um ano.


O primeiro resultado trimestral de 2009 mostrou perdas de 3,9 bilhões de
francos (2,55 bilhões de euros) em investimentos de risco não líquidos, como
diz a empresa em comunicado.

Outras perdas se deveram a provisões por riscos em créditos e a adaptações do
valor dos “ativos tóxicos” que o UBS transferiu a um fundo especial
criado pelo banco central da Suíça.

O novo diretor-geral, o alemão Oswald Grübel, que deverá ser hoje confirmado
pela assembleia de acionistas reunida em Zurique, assegurou em discurso que
apesar de o banco se encontrar em um bom caminho, os resultados não serão
vistos a médio prazo.

Grübel lembrou que há uma multiplicidade de frentes a serem atacadas, mas se
mostrou “confiante” a longo prazo.

Segundo o novo homem forte do UBS, a reestruturação do banco deve assegurar uma
poupança de entre 3,5 e 4 bilhões de francos (2,315 e 2,6 bilhões de euro) de
agora até o fim de 2010.

Sem mais artigos