Taís Araújo é capa da revista Nova pela primeira vez em seus mais de 10 anos de carreira. A atriz fala na edição sobre preconceito, beleza, carreira e relacionamento. “Uma menina veio perguntar se era a patroa da minha mãe quem pagava as mensalidades. Só havia duas crianças negras no colégio: eu e minha irmã! Na adolescência, nunca fui uma opção de paquera para os garotos brancos do condomínio. Ainda hoje as pessoas têm dificuldade de aceitar com naturalidade o fato de um negro ocupar o mesmo espaço na sociedade que um branco”, comenta.


 


Aos 31 anos, Taís não consegue ser disciplinada com cremes e maquiagem – “Esse negócio de ‘ter que’ que passar creme todo dia, ‘ter que’ sair maquiada por aí… Sou pouco disciplinada. Então, o que eu faço é lavar o rosto com um bom sabonete, hidratar e passar filtro solar. Também passo hidratante no corpo. Adoro maquiagem, mas meu kit se restringe a corretivo, máscara para cílios, blush e batom”.


 


Como as mulheres da família têm facilidade para engordar, para manter o corpão a saída é controlar o que entra no prato:
“Passo longe de frituras e comidas gordurosas. Também não sou fã de leite e derivados. No mais, como de tudo um pouco — e o ponteiro da balança não costuma ultrapassar os 52 quilos. Mas, para interpretar Helena, que é modelo, quis dar uma afinada. Cortei carboidratos após as 18 horas.Também intensifiquei a malhação. Eu, que não sou chegada em exercício, corri muito e tive de ir à academia todos os dias”, confessa.
 
E quanto aos planos para 2010? “Quero construir uma família. Depois que completei 30 anos, o desejo de ser mãe bateu com força total. Penso em ter um filho e adotar outro”.

Sem mais artigos