Nesta quarta (01), foram revelados detalhes do testamento de Michael Jackson, morto na última quinta (25), após sofrer uma parada cardíaca. No documento de cinco páginas, o cantor determinou que sua mãe, Katherine Jackson, é quem fica com a guarda de seus três filhos.

O testamento ainda excluiu sua ex-mulher Debbie Rowe e cita a cantora Diana Ross, que ficará com a guarda das crianças, caso Katherine venha a falecer. Escrito em 2002 por seu advogado de longa data de Michael, John Branca, e por seu executivo musical, John Mclain, as imagens do documento foram divulgadas hoje pelo Daily Mail (fotos ao lado).

Entretanto, alguns pontos não foram especificados em seu testamento, como onde o astro desejava ser enterrado. No documento, também não há detalhes de como será a partilha de sua fortuna.

Testamento não especifica onde Michael queria seria enterrado e nem como será dividida sua fortuna

Sem mais artigos