O grupo americano de comunicação Time Warner anunciou hoje um acordo com o YouTube, propriedade do Google, para distribuir trechos de alguns dos filmes e programas de televisão que produz pelo portal de vídeos, informaram hoje as duas companhias.


 


Com este acordo, os usuários do YouTube terão acesso a vídeos curtos de filmes e programas elaborados pelos estúdios Warner Bros e por outras companhias de propriedades da Time Warner, desde o canal de notícias CNN até o de desenhos animados Cartoon Network.


 


O canal HBO, também propriedade da Time Warner, já oferecia conteúdo pelo YouTube desde o início do ano passado, incluindo vídeos promocionais de séries como True Blood, Hung e Entourage.


 


O compromisso entre as duas empresas dá à Time Warner a possibilidade de criar canais específicos no YouTube para os conteúdos que oferece e para controlar, nestes, a venda de espaço publicitário, explicaram as empresas em comunicado de imprensa conjunto.


 


“Nosso acordo com o YouTube nos ajuda a ampliar a quantidade de conteúdo promocional, animação e notícias que já oferecemos na rede”, disse o executivo-chefe da Time Warner, Jeff Bewkes.


 


O acordo estabelece que Time Warner e YouTube compartilharão as receitas gerados por publicidade. No pregão desta quarta-feira em Wall Street, as ações da Time Warner subiam 1,49% e eram negociadas a US$ 27,24, enquanto as do Google desciam 0,66%, para US$ 442,33.

Sem mais artigos