A Universidade Federal do Pará anunciou, no meio da tarde desta quinta-feira (26), que toda a parte de geografia da primeira fase do vestibular deste ano foi anulada por suspeita de fraude, uma vez que as mesmas questões já haviam sido utilizadas por um cursinho de Belém. A decisão atende a um pedido feito por alunos dos demais cursos preparatórios.


 


A UFPA abrirá processo administrativo para apurar a conduta dos três professores responsáveis pela prova, destacando porém que todos os profissionais foram temporariamente afastados. O reitor da instituição, Carlos Edilson Maneschy, informou em nota oficial que o caso foi isolado, não ocorrendo nas demais provas, e ressaltou que todos os candidatos receberão a pontuação completa referente ao teste desta disciplina.

Sem mais artigos