A última grande viga de aço das Torres Gêmeas que foi retirado durante as tarefas de recuperação que se seguiram aos atentados de 11 de setembro de 2001 retornou ao Marco Zero de Nova York para fazer parte do complexo que foi erguido ali em memória das vítimas.

“Trata-se de uma peça muito emocionante que simboliza a lembrança viva dos que morreram no 11 de Setembro e o esforço dos milhares de operários e engenheiros que trabalharam tão duro nas tarefas de recuperação da zona”, explicou à Agência Efe a diretora do Museu Nacional em Memória do 11 de Setembro, Alice Greenwald.

A pouco menos de três semanas para o oitavo aniversário dos ataques terroristas, a chamada “última coluna” foi transferida ao sul de Manhattan a partir de um hangar do aeroporto nova-iorquino de JFK, onde esteve armazenada nos últimos anos

Sem mais artigos