Pensar no lixo antes de virar lixo é um exercício diário.


 


O isopor, por exemplo,  possui uma característica que dificulta a sua reciclagem, que é o grande volume de ar contido nele. Cerca de 95% de sua composição é ar.


 


Com isso, a sua reciclagem produz pouca matéria prima, não sendo economicamente viável. Além disso, o isopor não é biodegradável e tem um tempo indeterminado de decomposição na natureza, que pode chegar a até 400 anos.


 


Com isso, o isopor se acumula nos aterros e lixões e dificulta o tratamento do lixo urbano.


 


Se uma pessoa começar a comprar os seus próprios alimentos aos 20 anos, e adquirir toda semana três produtos embalados em bandeja de isopor, até o final da vida ela terá consumido 7.488 bandejinhas de isopor.


 


 Empilhadas todas essas bandejinhas formariam uma torre de 247 metros, equivalente a altura de um prédio de 82 andares.


 


A solução para isso é simples. Evite comprar produtos embalados em isopor


Sem mais artigos