O parque nacional do Itatiaia, no Rio de Janeiro, pode ter sua área reduzida em breve. Um grupo de proprietários de casas na região lançou uma proposta que pode reduzir 1.300 hectares do parque que tem 30 mil hectares, uma porcentagem pequena, mas que concentra boa parte das belezas naturais que atraem cientistas e turistas ao local.

Donos de casas de veraneio, moradores da área e proprietários dos hotéis solicitam que a maior parte do local conhecido como parte baixa do parque, ao sul, deixe de integrar a unidade de conservação. Isso porque o local costuma receber muitos visitantes. No ano passado, a parte baixa do parque recebeu 75 mil visitas.

A proposta incomodou diversas ONGs e ambientalistas. Segundo a ex-ministra do Meio Ambiente, Marina da Silva (PT), uma medida como esse abre precedente para outras unidades de conservação.

União estuda reduzir parque nacional do Itatiaia

Sem mais artigos