O Universidad de Chile conquistou o título do Torneio Apertura de seu país ao vencer o Unión Española pelo placar de 1 a 0, na casa do adversário, em partida disputada terça à noite.

O único gol saiu dos pés do uruguaio Oliveira, aos 18 do segundo tempo, em belo lance. A primeira partida, disputada domingo passado, terminou empatada em 1 a 1.

Foi o 13º título do Universidad de Chile. O confronto aconteceu no pequeno estádio Santa Laura, com capacidade para apenas 18 mil pessoas.

Depois da partida, uma pessoa ficou gravemente ferida e outras 245 acabaram detidas nas comemorações pelo título. Logo após a partida, as ruas da capital Santiago foram tomadas por torcedores do Universidad de Chile.

Segundo a Polícia, os principais incidentes ocorreram na Plaza Itália, no centro da cidade. Por lá passaram cerca de dez mil pessoas. Um torcedor identificado como Marcelo Miranda, de 25 anos, foi apunhalado ao resistir a um assalto no meio da multidão. Ele foi internado e os dois homens que tentaram praticar o crime foram detidos.

Muitas lojas foram danificadas e tiveram produtos roubados das vitrines. Os policiais tiveram de usar jatos de água e gás lacrimogêneo para dispersar a multidão.

O coronel de Carabineiros Jorge Fernández disse aos jornalistas que 31 dos 245 detidos são menores de idade e que as detenções foram por diversas infrações, entre elas tentativa de roubo, perturbação da ordem pública e até falsificação de ingressos.

Sem mais artigos