O veleiro Ericsson 4, comandado pelo brasileiro Torben Grael, trava uma batalha com o Ericsson 3, do sueco Magnus Olsson, pela liderança da quinta etapa da Volvo Ocean Race. Os dois primeiros colocados estão bem próximos do Rio de Janeiro, porto final desta etapa, onde devem chegar entre esta terça-feira (dia 24) e a quarta-feira, depois de 39 dias no mar. O terceiro colocado é o veleiro Puma, comandado pelo americano Ken Read.


 


A flotilha partiu de Qingdao, na China, para percorrer 12.300 mil milhas náuticas até o Brasil. É a etapa mais longa e também a mais temida pelos velejadores que participam da competição. Na reta final, porém, os velejadores enfrentam ventos fracos. E já sonham com terra firme.


 


Ryan Godfrey, um dos tripulantes do Ericsson 4, escreveu em seu diário de bordo: “38 dia a bordo de um veleiro pequeno como este é tudo que podemos suportar. Já sonho com uma cama e comida quente. Não vejo a hora de chegar ao Rio. O tempo está espetacular, quente, com sol e céu azul. O único problema é que o tempo bom também prejudicou a velocidade do veleiro, porque estamos com ventos muito fracos”.

Sem mais artigos