Uma ponte inaugurada em Volgogrado, na Rússia, há apenas seis meses começou a balançar mais do que o normal durante uma rajada de ventos de mais de 60 km/h na quinta-feira (21).

Após o incidente, as autoridades decidiram interditar a estrutura. O próprio presidente Dmitry Medvedev exigiu explicações sobre o ocorrido.

Agora, técnicos tentam descobrir o que levou a estrutura a se comportar de tal maneira, apesar da ponte aparentemente não ter sofrido nenhum dano. Eles acreditam que as recentes inundações do rio Volga podem ter afetado as fundações.

Por outro lado, o perito Vladimir Parshin acredita que o design da ponte justifica sua movimentação. “Os vãos são muito longos, por isso, teoricamente, ela pode ser menos resistente ao vento do que outras estruturas similares”, disse o perito, segundo o The Moscow Times.

A ponte demorou 13 anos para ser construída e custou mais de R$ 700 milhões. Volgogrado fica na região central da Rússia é uma das cidades que poderá receber a Copa do Mundo de 2018 – caso o país seja a sede do evento, é claro.

Veja as imagens impressionantes da movimentação da ponte em uma reportagem de um canal russo:

Sem mais artigos