Apesar de não considerar uma atitude antiética o uso da “mala branca” no meio do futebol, o vice-presidente do Internacional, Fernando Carvalho, garantiu nesta terça-feira que não oferecerá nenhuma quantia em dinheiro ao Grêmio, que enfrenta o São Paulo, na quarta-feira, no estádio Olímpico.

“Daqui não vai ser oferecido dinheiro (para jogador do Grêmio). Mas toda medida que incentive a vitória não tem problema”, afirmou Carvalho. “Uma coisa é desejar. Desejo vitória do Grêmio”, completou o dirigente.

Com 52 pontos e fora da zona de classificação para a Libertadores de 2010, o Internacional, que enfrenta o Barueri, fora de casa, no domingo, precisa torcer para tropeços de Palmeiras, São Paulo e Atlético-MG na próxima rodada.

Sem mais artigos