Para tirar dúvidas simples que temos dentro de temas como saúde, sexo e beleza, o Girls and Boys estreia hoje a seção “Cinco Perguntas”, que irá ao ar todas as sextas-feiras. Iniciamos com o tema “bruxismo”, hábito que de apertar e ranger os dentes que acontece em cerca de 15% da população. E que embora pareça um problema que acontece apenas com as crianças, pode acontecer por toda a vida.

Para nos esclarecer sobre o tema, conversamos com Andrea Lancia, dentista especializada em estética e saúde dentária que atua em São Paulo.

1) O que é bruxismo?
 É um tipo de parafunção (hiperfunção) involuntária, caracterizada pelo apertamento ou ranger dos dentes. Esta parafunção provoca o desgaste de esmalte (estrutura dental) e em níveis avançados provoca desgaste das estruturas condilares da ATM (Articulação Temporo Mandibular – responsável pela abertura e fechamento da boca).

2) O bruxismo só acontece durante o sono?
Não, mas na maioria das vezes ocorre quando a pessoa está distraída, já que é um movimento involuntário. Ele pode acontecer durante o sono ou em momentos de muita concentração e stress.

3) O que o problema pode acarretar, além de desgastar os dentes?
A consequência a curto prazo é o desgaste da estrutura dental (esmalte). Os dentes diminuem  de  tamanho e ficam com aspecto envelhecido. A longo prazo, o bruxismo pode causar um desgaste da ATM (articulação responsável  pelos movimentos mastigatórios e da fala). Isso pode gerar dor, dificuldade de abertura, cansaço muscular e até surdez parcial, uma vez que a hipertrofia muscular dificulta a irrigação sanguínea no local.

4) Há cura ou tratamento para amenizá-lo?
Na realidade não há cura mas é possível amenizar ou até desaparecer os sintomas, através de um tratamento integrado, que varia muito de acordo com o paciente. Mas de maneira geral o uso de placas miorrelaxantes permitem um conforto. Em alguns casos é necessária a intervenção de um terapeuta, visando aliviar o stress e ansiedade, que estão bastante relacionado ao hábito. Na maioria das vezes é necessário um ajuste oclusal ou até mesmo aparelhos ortodônticos que visam melhorar a intercuspidação (encaixe) dos  dentes.

5) O que leva uma pessoa a apresentar o bruxismo?
Esta é uma das respostas mais difíceis pois temos inúmeras variáveis que podem contribuir ou detonar o hábito. A principal delas é o stress. É comprovado cientificamente que pessoas em estado de stress estão propensas a desenvolver o hábito. Mas ele pode ser agravado por uma instabilidade oclusal, por exemplo: dentes tortos em contínua movimentação, má oclusão (necessidade de uso de aparelho) ou simplesmente a troca de restaurações sem devido ajuste (exemplo, a restauração ficou alta). Dependendo do paciente, pode desencadear o processo.

Serviço:

Andrea Lancia
F: (11) 3079-9700
www.andrealancia.com.br

Virgula estréia nova seção, “Cinco Perguntas”, com o tema bruxismo

Sem mais artigos