A tão aguardada – ainda que discreta – volta de George Clooney a “ER” garantiu a melhor audiência dos últimos dois anos a essa série que se encontra em fase terminal.

No episódio de quinta-feira, Clooney encarnou novamente o Dr. Doug Ross e reencontrou seu par romântico, a enfermeira Carol Hathaway (Julianna Marguiles). Outros veteranos da série, como Noah Wyle (dr. John Carter) e Eriq La Salle (dr. Peter Benton) também tiveram participações.

Por causa das pontas, o episódio especial resultou num aumento de 23 % na audiência do programa na semana passada, cuja 15ª e última temporada termina no mês que vem.

A NBC, que tem a menor audiência entre as quatro grandes redes dos EUA, disse que 10,7 milhões de norte-americanos viram o episódio. Essa foi a melhor audiência de “ER” desde fevereiro de 2007.

A série transformou Clooney em galã internacional, e a partir de 1999 ele deixou o programa para se dedicar ao cinema. Voltou para uma rápida aparição-surpresa em maio de 2000, no papel de si mesmo, mas vinha dizendo repetidamente que não tinha interesse em regressar aos sets do seriado.

Sem mais artigos