A cidade de Washington, capital dos Estados Unidos, começou a receber nesta quarta-feira (3) os primeiros pedidos para realizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Este é o sexto lugar nos EUA onde é aceito o casamento gay. A união civil também é lei em Connecticut, Iowa, Massachusetts, New Hampshire e Vermont.

O cartório de Washington, que geralmente recebe dez pedidos de casamento por dia, estima receber 200 nesta quarta. O projeto de lei começou a tramitar em outubro do ano passado e foi quase aprovado por unanimidade pelos políticos locais. Só não entrou antes em vigor porque Washington é um distrito federal e por esse motivo precisa da revisão do Congresso norteamericano. Não houve veto e a partir da próxima-terça (9) as certidões já começam a ser emitidas.

Um estudo da Universidade da Califórnia, divulgado pelo jornal New York Times, estima que 14 mil casais devem viajar para a cidade com intenção de se casarem nos próximos três anos. Isso significa uma receita para o município de 5 milhões de dólares e mais 700 empregos na economia local.

Pela nova lei, o juíz agora encerra a cerimônia dizendo “eu vos declaro legalmente casados”, ao invés do “eu vos declaro marido e mulher”.

Washington aprova casamento gay, que deve trazer para a cidade 700 empregos em três anos

Sem mais artigos