Artistas consagrados como Phil Collins, Gary Moore, Pat Metheny e Mark Knopfler compartilham o palco da 44ª edição do Festival de Montreux com cantores mais jovens como Norah Jones, Vanessa Paradis, Massive Attack, Charlotte Gainsbourg e Ben Harper, enquanto os organizadores se preparam para realizar um especial sobre Tom Jobim no próximo ano.

Pelo segundo ano consecutivo não haverá nenhum músico brasileiro na programação, algo que Clau de Nobs, fundador e diretor do Montreux Jazz Festival, justifica, precisamente, pela necessidade de criar expectativa perante um grande especial no próximo ano.

“Ano que vem faremos um especial sobre Tom Jobin e convidaremos todos os grandes nomes do Brasil para criar algo único e celebrar a música brasileira”, explicou Nobs que, em parte, assumiu o fracasso do concerto de Gilberto Gil em 2008.

“Há alguns músicos que vêm muito frequentemente, por isso é bom fazer algo especial”, explica.

No entanto, os amantes da música brasileira poderão desfrutar gratuitamente de uma tarde com os sons do país graças aos palanques colocados no exterior do palco do festival.

Será a única representação latino-americana no encontro, cuja programação se destaca pela ausência de sons latinos, tão presentes em outros anos.

Em um ano em que a África do Sul está “na moda” graças a Copa do Mundo, cuja fase eliminatória acontece nos mesmos dias que o festival, a direção organizou um show tributo à cantora e ativista sul-africana Miriam Makeba, falecida em 2008 .

A beninense Angélique Kidjo será encarregada de liderar o concerto em honra à Mama África, que precederá a atuação do senegalês Youssou N’ Dour.

Da velha-guarda também se destaca Keith Jarrett, que tocou no primeiro festival, há 44 anos.

Como todos os anos, Quincy Jones terá sua noite, da mesma forma que Herbie Hancock.

Precisamente, o sucesso conseguido pela Big Band do Exército Suíço durante o concerto-aniversário de Quincy Jones em 2008, levou Nobs a organizar uma noite especial para a banda, que decidiu consagrar sua música ao swing.

Sem mais artigos