Uma mulher de Pittsburgh, nos Estados Unidos, decidiu processar um banco após o desaparecimento de Lucas, seu papagaio de estimação que foi levada durante uma ação de despejo.

Segundo Angela Iannelli, de 46 anos, que mora no condado de Allegheny, o pagamento da hipoteca estava em dia e não havia motivos para que sua casa fosse invadida, os móveis fossem retirados e danificados e, especialmente, sua ave fosse levada.

O Bank of America, banco que vendeu o imóvel para Angela, não comentou o assunto.

Já o advogado da mulher argumenta que sua cliente sofreu danos emocionais irreparáveis e hoje tem medo de pisar em sua própria casa. O valor de indenização descrito na ação não foi informado. O processo diz ainda que Angela conseguiu recuperar Lucas após inúmeras ligações para o banco.

Sem mais artigos