Um clube de striptease localizado em Toledo, no estado americano de Ohio, vai doar cerca de US$ 1 mil para as vítimas do terremoto que destruiu o Haiti. O dinheiro foi arrecadado em um evento chamado “Dança sensual pelo Haiti”, que aconteceu na noite do sábado (6). Cada cliente pagou US$ 10 para entrar na casa, valor que foi integralmente destinado à iniciativa.
 
De acordo com Kenny Soprano, gerente do clube Marilyn’s on Monroe, essa é uma forma de melhorar a imagem de seu estabelecimento e reverter parte dos ganhos obtidos com as strippers para os mais necessitados.

“Foi muito difícil encontrar uma organização que quer fechar um acordo com um estabelecimento de entretenimento adulto”, ponderou Soprano, segundo o jornal local The Blade.

O dinheiro será revertido para a International Services of Hope (ISOH), ONG que fornece alimentos e roupas para o Haiti. Segundo Linda Greene, diretora da organização, não importa a procedência do dinheiro, mas sim o ato da doação.

A ideia já parece ter servido de fonte de inspiração para outros clubes. De acordo com o The Blade, duas casas noturnas de Detroit já anunciaram eventos semelhantes para este mês.

Sem mais artigos