Eis que, em pleno ano de 2010, nossas estrelas máximas do pop resolveram novamente se unir em torno de um velho hino, We Are The World, para reverter renda para uma boa causa, dessa vez, a onda de terremotos que atingiu o Haiti. E duas vezes.

Além da versão que contou com os astros pop americanos e ingleses, uma versão em espanhol está sendo produzida com a participação de Ricky Martin, Gloria Stefan, Mark Anthony e Jennifer Lopez.

Para entrar no clima, separamos dez iniciativas colaborativas do estilo, que reverteram rendas para causas humanitárias ao redor do globo. Veja nossa lista e divirta-se.

We Are The World, a original

Com Lionel Richie, Stevie Wonder, Paul Simon, Tina Turner, Billy Joel, Michael Jackson, Diana Ross, Willie Nelson, Bruce Springsteen, Huey Lewis, Bob Dylan, Ray Charles, James Ingram e muitos outros, pelas crianças com fome no continente africano.

We Are The World, o remake

Com Celine Dion, Toni Braxton, Tony Bennett, LL Cool J, Kanye West, Snoop Dogg, Wyclef Jean, Nicole Scherzinger, Jennifer Hudson, Miley Cyrus, Jonas Brothers e muitos outros, em benefício das vítimas do Haiti.

We Are The WorldLuciano Pavarotti e seus amigos

Gravada ao vivo em um dos especiais do tenor italiano, conta com vários membros do USA For Africa original, incluindo Lionel Richie, e outros astros como Laura Pausini, Mariah Carey, Ricky Martin e Gloria Estefan.

Nordeste Já

Campanha brasileira para captação de recursos ao povo do nordeste, que sofreu em 1985 a pior seca registrada na história do Brasil. Na canção estão Rita Lee, Alcione, Belchior, Beth Carvalho, Caetano Veloso, Roberto Carlos, Tom Jobim, Chico Buarque, Elba Ramalho, Erasmo Carlos, Gilberto Gil, Kid Vinil, Lulu Santos, Luiz Gonzaga, Milton Nascimento e muitos, mas muitos outros.

Everybody Hurts

Produzida por Simon Cowell, a versão da música do R.E.M conta com a participação de Mariah Carey, Jon Bon Jovi, Robbie Williams, Kylie, Rod Stewart, Leona Lewis, Alexandra Burke, Miley Cyrus, Take That, Susan Boyle, Joe McElderry, Cheryl Cole, JLS, Mika, Michael Bublé, James Blunt, James Morrison e Westlife.

 

We Are The World, a versão punk

Várias bandas punks da Suiça se reuniram para uma versão debochada do megahit mundial, mas não reverteram a (pouca) renda que tiveram para causas sociais. Ainda assim, vale a pena ver membros do Peacocks, Cheekbones, Teenage Kings, Rams e Huckedicht regravando a música.

What’s Going On com as MTV All-Stars.

Uma campanha pelo aumento da tolerância e fim da violência reuniu em estúdio grandes ícones pop em 2002, incluindo P Diddy, Bono, Eve, Nelly, Savage Garden, Mary J. Blige, Nsync, Alicia Keys, Michael Stipe, Destiny’s Child, Britney Spears, Christina Aguilera, Backstreet Boys, Gwen Stefani, Fred Durst, Lil Kim, Wycleff Jean e outros.

Mod Aid

Em 2005, vários ícones da cultura mod e seus seguidores dos nossos tempos se reuniram para regravar Wat’cha Gonna do About It, do lendário Small Faces. Entre os astros estão Ron Wood, dos Stones, Buddy Ascot, do The Chords e muitos outros veteranos do rock

Hear n’ Aid

A versão metal dos anos 80 do clássico We Are The World conta com o comando de Ronnie James Dio e participação de Tommy Iommy, Blue Oyster cult, Dokken, Yngwie Malmsteen, Queensryche, Quiet Riot, Judas Priest, Whitesnake e muitos ídolos do hard rock a mais

Do They Know It’s Christmas

Em uma atitude para melhorar o natal de jovens carentes na África, Bob Geldof comandou em 84 um batalhão de astros que incluiram Queen, Phil Collins, Duran Duran, Spandau Ballet, Bananarama, Bono, Paul Weller, George Michael, Status Quo, Kool & the Gang, Sting, David Bowie, Boy George, Frankie Goes to Hollywood, Paul McCartney e outros.

Sem mais artigos