Conhecido como Poison Dart (algo como dardo venenoso) essa espécie de sapo, encontrada somente na parte equatoriana dos Andes, possui menos de um centímetro e uma pele extremamente tóxica.

Esse tipo raro está sendo criado no Blue Reef Aquarium, em Hampshire na Inglaterra, juntamente com outras dezenas de espécies que produzem venenos letais.

Os pesquisadores do aquário acreditam que essa espécie está em extinção por conta das mudanças em seu habitat natural provocadas pela poluição – daí a necessidade da criação em cativeiro.

Estudos revelam que um extrato retirado da pele desse tipo específico de anfíbio pode salvar muitas vidas. Ele possui uma substância capaz de bloquear a dor 200 vezes mais que o efeito da morfina, sem causar dependência ou outros efeitos colaterais graves.

Sem mais artigos