Em entrevista a revista Glamour, a cantora Lily Allen explica os motivos para ela querer se dedicar a seus novos projetos – uma grife de roupas antigas com a irmã e uma gravadora – e se afastar da música.

Porque ela quer se afastar da música: “Eu quero ter um filho no ano que vem. Como as pessoas pararam de comprar discos, o único jeito de ganhar dinheiro é fazendo turnê e eu não quero fazer isso com crianças por perto”.

Sobre o relacionamento com o anônimo engenheiro Sam Cooper: “Eu estou mais feliz que nunca. Antes eu me sentia muito sozinha. Como se estivesse lutando com o resto do mundo. Eu não me sinto mais lutando contra ninguém. Eu não me sinto na defensiva ou agressiva, entrei em equilíbrio.

Sobre o novo cotidiano: Hoje é um dia típico. Estarei em casa às seis, vou fazer jantar para o Sam, que chega do futebol às 21h. Eu cozinho coisas diferentes todas as noites. Sam adora frango e torta de alho poró. Nós iremos assistir o jornal e ir dormir”.

Sobre sua imagem: “Eu nunca estive tão magra quanto no ano passado. E não me senti feliz. Essa imagem de beleza que vendem, moderna, recortada, de ossos altos da bochecha… Eu sou uma pessoa mais redonda. Eu sou a Lily e me sinto feliz como eu sou. Mas não me acho bonita, apesar de Sam me dizer todos os dias que eu sou a mulher mais bonita do mundo”.

Clique aqui para ver galeria com fotos do ensaio.

Sem mais artigos