Se o Santos continuar sonhando em repatriar o ídolo Robinho, do Manchester City, para defender a equipe da baixada na temporada 2010, não deverá contar com a ajuda do atual clube do jogador. Os salários do atacante, em um eventual retorno ao Brasil, não ser arcados pelos dirigentes do time inglês, garante o jornal Daily Mail.

De acordo com a publicação, os ingleses do Manchester já avisaram Robinho que, se ele desejar realmente sair, terá de abrir mão de seus salários, que, em seis meses – tempo de contrato de emprésimo aceito até o momento pelo City, embora o Peixe queira um ano)-, chegam a quase dois milhões de libras, aproximadamente, 5,9 milhões de reais.

O Santos, porém, segue confiante na investida sobre o atleta, pois sabe que muitos patrocinadores estariam dispostos a bancar os salários do ‘rei da pedaladas’ para que ele volte ao clube. Representantes do Peixe já estão na Inglaterra, de onde, em breve, devem enviar notícias sobre as negociações.

Sem mais artigos