Quando a atriz começa acreditar que é maior que o personagem pode ter certeza que problemas estão por vir. E parece que foi exatamente o que aconteceu com Guta Gonçalves, que interpreta a Débora, de Cama de Gato. O jornal Extra diz que a atriz se atrasava para as gravações e queria mudar o cronograma. Ego inflado foi o problema segundo a publicação.

 

Guta diz que as coisas não foram bem assim, ela só se atrasou uma vez e que nunca disse que a audiência cairia com a morte de sua personagem – boato que rondou a emissora -, mas que comentou sobre os mais de 200 comentários no Orkut lamentando a morte de Débora. A cena da morte da personagem foi ao ar na quarta-feira (17), registrou 28 pontos no Ibope e revoltou fãs.

 

As autoras da novela entendem a posição dos fãs. “Acho que essa reação dos telespectadores é sinal do sucesso da novela. Demonstra o envolvimento do público com a personagem e com a história, o que é muito positivo. Claro que a gente entende que os telespectadores fiquem tristes”, disse Duca Rachid.

 

Thelma Guedes diz que também ficou triste, mas que a decisão da morte foi apenas para dar seguimento a trama: “A nossa decisão foi manter a trama que planejamos. De fazer um Romeu e Julieta na novela. Com tudo de bonito e de doloroso que tem essa grande e linda história de amor. O primeiro amor, o maior e mais profundo, que se eterniza”.

Sem mais artigos