Eis uma história que só poderia terminar em pizza…

Pizzaiolos italianos estão fazendo hora-extra como coveiros. Uma investigação em Nápoles indica que pizzarias a padarias estão usando madeira de caixões para assar os alimentos.

Proprietários inescrupulosos trituram a madeira e juntam com madeira de carvalho, barateando o custo da produção. Dizem que as pizzarias populares são as mais envolvidas com o roubo de caixões. Isso afeta milhares de napolitanos, que comem as pizzas e pães cremados assados no calora da madeira roubada.

Segundo reportagem do Il Giornale, os cemitérios sofrem com saques constantes, uma vez que não têm segurança ou controle de entrada. Brasões familiares, tampas de caixões, vasos de flores, tudo é levado pelos bandidos. E deixam um rastro de caos: caixões abertos e restos de cadáveres espalhados pelas avenidas dos cemitérios.

A pizza napolitana é a mais tradicional do mundo. De lá surgiu a receita da primeira pizza, a Marguerita e do Calzone, por exemplo.

Sem mais artigos