Depois da repercussão de uma propaganda de cerveja estrelada pela celebridade profissional Paris Hilton, o Conselho Nacional de Autoregulamentação Publicitária (Conar) resolveu proibir a chamada comercial com as loiras.

O caso ganhou destaque internacional e muitos sites questionavam o motivo da sensualidade de Paris causar a reação num país teoricamente liberal quando o assunto são mulheres rebolando na televisão.

Mas a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, ligada à Presidência da República, considerou a propaganda ofensiva e entrou com uma representação no Conar para que fosse tirada do ar.

A Schincariol, que distribui a cerveja Devassa, recebeu a notificação nesta segunda-feira e divulgou nota na qual diz que vai respeitar a decisão, embora vá recorrer da determinação.

Clique aqui para ler mais sobre Paris Hilton e assistir à propaganda.

Sem mais artigos