Os fãs de James Bond vão precisar de muita paciência. Os problemas financeiros dos estúdios MGM fizeram Bond 23, o próximo da série, ser adiado por tempo indeterminado.

A notícia foi confirmada pela produtora EON, através de seus sócios, Michael G. Wilson e Barbara Broccoli. “Devido à contínua incerteza envolvendo o futuro da MGM e o fracasso na venda do estúdio, suspendemos o desenvolvimento de Bond 23 indefinidamente. Não sabemos quando ele retornará e não temos uma data para o lançamento do filme”, diz o comunicado oficial da dupla.

Com isso, o diretor Sam Mendes e o ator Daniel Craig devem se dedicar a outros projetos, até que a situação do filme seja definida.

Bond 23 não é o único afetado pela crise da MGM. O Hobbit, do diretor Guillermo del Toro, tem protagonizado uma verdadeira novela. O início das filmagens  já foi adiado mais de uma vez e há problemas na definição do elenco.

E, embora del Toro não confirme, é praticamente certo que não será possível cumprir o cronograma oficial, que previa o lançamento da primeira parte em 2011 e da segunda em 2012.

Bond 23 e The Hobbit são considerados as últimas chances da MGM se reerguer, por seu potencial de bilheteria.

Próximo filme de James Bond é adiado indefinidamente

Sem mais artigos