A Roxxxy TrueCompanion é a primeira robô com inteligência artificial a fazer sexo com seu “dono” humano, além de reconhecê-lo pelo nome.  Apresentada nesta segunda (11), na AVN Expo, feira de conteúdo erótico que acontece paralelamente à CES, em Las Vegas, a robô se parece muito com uma boneca erótica convencional, de tamanho natural.

Entre suas “funcionalidades” estão a capacidade de simular um orgasmo quando estimulada – graças a sensores espalhados pelo corpo – e também rir, conversar, ouvir, falar e sentir o toque de seu usuário/parceiro.

O projeto foi desenvolvido pela True Companion e criado por Douglas Hines, ex-pesquisador do Bell Labs, que trabalha com conceitos de inteligência artificial desde 1993. Roxxxy demorou dois anos e meio para ser concluída.

De acordo com a fabricante, existem cinco perfis de personalidade para a robozinha: Frigid Farrah (tímida e reservada), Wild Wendy (aventureira), S&M Susan (sadomasoquista), Young (garota de 18 anos) e Mature Martha (que vai “te ensinar” algumas coisas). Novos perfis, entretanto, poderão ser criados e compartilhados online, em uma rede social a ser lançada.

Dependendo de sua configuração, uma robô da TrueCompanion pode custar entre US$ 7 mil e US$ 9 mil. Depois de Roxxxy, a empresa se prepara o lançamento da versão masculina do robô, chamado Rocky TrueCompanion.

Sem mais artigos