Veículos da imprensa paraguaia publicaram hoje que o São Paulo decretou a morte do Nacional na Copa Libertadores deste ano após a vitória de ontem por 3 a 0, pelo grupo 2.

O tabloide “Crónica” diz que o São Paulo “assinou o certificado de óbito” do Nacional, que perdeu todas as quatro partidas que disputou na atual edição da Libertadores.

Para o jornal “Abc Color”, o Nacional é a primeira equipe paraguaia “oficialmente eliminada” da Libertadores, da qual também participam Cerro Porteño e Libertad.

“Dagoberto, Léo Lima e Washington sepultaram a última esperança” de classificação do Nacional, destaca a publicação.

Já o jornal “Ultima Hora” diz que a campanha do campeão do Torneio Clausura do futebol paraguaio em 2009 “não poderia ter sido pior”.

O Nacional ainda jogará contra o Once Caldas, da Colômbia, e receberá o Monterrey, do México.

Sem mais artigos