Flashforward, apontada como a “sucessora de Lost” em sucesso de público, retorna nesta quinta-feira, dia 18, nos Estados Unidos, com um grande desafio: arrancar os mesmos elogios da série de J.J. Abrams.

A série começou a ser exibida no dia 24 de setembro no território ianque com megapropaganda, mas depois de alguns episódios com baixa audiência foi interrompida no dia 3 de dezembro. O retorno ficou marcado para o início de março e foi adiado outra vez. No Brasil, a série deu as caras no dia 23 de fevereiro de 2010 pelo canal pago AXN.

Na época da pausa, um porta-voz da ABC comentou que a nova data ia permitir o retorno da série com novos episódios sem precisar fazer pausas, além de não entrar em confronto com as Olimpíadas de Inverno 2010, que aconteceu mês passado.

FlashForward estreou com forte audiência de 12,4 milhões de espectadores e uma classificação de 4,1 entre adultos de 18-49, mas caiu significativamente desde então. O episódio de 19 de novembro teve a baixa média de 7,97 milhão espectadores e um rating de 2,4.

A série de ficção científica da ABC é baseada em um romance original do Canadá, escrito por Robert J. Sawyer, e conta a história de um misterioso incidente que provoca um desmaio de 2 minutos e 17 segundos em pessoas de todo o mundo. Durante esse lapso temporal todos têm visões estranhas sobre o futuro.

Sem mais artigos