A perita do Instituto de Criminalística, Rosângela Monteiro, afirmou em depoimento nesta quarta-feira que testes realizados após a morte da menina Isabella Nardoni, apontam que ela foi jogada do sexto andar do edifício London pelo pai, Alexandre Nardoni.

Ela começou a ser ouvida às 10h25 desta quarta-feira, terceiro dia de júri de Nardoni e Anna Carolina Jatobá, madrasta de Isabella. O promotor Francisco Cembranelli pediu a Rosangela que explicasse todos os procedimentos da perícia, utilizando a maquete que foi levada ao Fórum pela promotoria, com o objetivo de demonstrar aos jurados as cenas do crime.

Segundo a perita, depois que foram feitas análises com reagentes, houve a tentativa de limpeza no apartamento do casal Nardoni. Ela ressaltou ainda que foram observadas manchas de sangues nos lençóis, que eram da menina Isabella. Rosângela enfatizou que os laudos técnicos comprovam que menina Isabella já entrou sangrando no apartamento, o que contradiz a alegação inicial da defesa de que a vítima foi agredida dentro de casa por uma terceira pessoa.

Sem mais artigos