Dessa vez não foram dólares nem mensaleiros. A cueca do momento foi a de um turista alemão, que foi preso esta semana na Nova Zelândia ao tentar contrabandear 44 lagartixas e pequenos lagartos em risco de extinção. Segundo a agência de notícias BBC, agentes da imigração desconfiaram do nervosismo Hans Kurt Kubus, de 58 anos, e resolveram revistá-lo.

Os répteis, alguns dos quais chegam a valer até R$ 2,5 mil no mercado negro, estavam em bolsos feitos sob medida na cueca. Kubus disse que as espécies eram para sua coleção pessoal. Agora, vai passar três meses na prisão antes de ser deportado, além de ter que pagar uma multa de quase R$ 6,5 mil.

Sem mais artigos