Há exatamente um ano, no dia 17 de março de 2009, o então deputado federal Clodovil Hernandes foi encontrado caído ao lado da cama por um funcionário da casa onde morava, em Brasília. Clodovil havia sido vítima de um acidente vascular cerebral. O Brasil perdia então uma personalidade ousada e controversa que brilhou no mundo da moda e da TV.

Clodovil Hernandes nasceu em 1937 em Elisário, interior de São Paulo. Foi adotado por um casal de imigrantes espanhóis e não chegou a conhecer os pais biológicos.

Após estudar em um colégio interno católico, ele começou se interessar por cultura, arte e moda. Nos anos 60, passou a ser conhecido publicamente como um dos maiores estilistas da alta-costura brasileira.

Seu sucesso na moda abriu portas importantes para a televisão a partir dos anos 80. Em 2003, ele comandou o programa A Casa é Sua, na Rede TV, e por lá permaneceu até 2005. Sem papas na língua, causou muita polêmica durante suas entrevistas, fazendo inimizades. Chegou a chamar a vereadora Claudete Alves de “macaca de tailleur metida à besta”.

Clodovil decidiu entrar para a vida política em 2006. Foi o terceiro deputado federal mais votado de São Paulo, pelo PTC. Como era de se esperar, na vida pública se meteu em mais confusão.

Para marcar o primeiro ano desde sua morte, reunimos 10 momentos de Clodovil na política e na TV.

Sem mais artigos