Ao menos 340 pessoas ficaram feridas nesta quarta-feira (22) após o choque de um trem urbano seguido de descarrilamento em uma das três estações ferroviárias mais movimentadas de Buenos Aires.

“Há 340 feridos e pessoas presas nos vagões, por isso pode haver mortos”, afirmou o secretário de Transporte argentino, Juan Pablo Schiavi.

O funcionário considerou muito grave o acidente e disse que os 33 hospitais da cidade estão em estado de alerta para receber os feridos, entre os quais “há alguns graves”.

 

Segundo testemunhas, o acidente ocorreu quando a composição lotada de passageiros não conseguiu frear ao chegar à estação Once e bateu contra a plataforma.

Schiavi detalhou que o trem entrou na estação com velocidade de “26 km/h e aparentemente sofreu alguma falha no sistema de freios”.

“Está tudo gravado, o que vai facilitar a investigação”, acrescentou o secretário de Transporte, quem foi para o local do acidente junto com secretário de Segurança de Buenos Aires, Guillermo Montenegro.

“O trem estava lotado e o impacto foi muito forte. Não sabemos ainda o que aconteceu”, relatou um passageiro à televisão.

Dezenas de ambulâncias e bombeiros trabalham para socorrer às vítimas presas no interior da composição, especialmente nos três primeiros vagões. O maquinista foi resgatado da locomotiva meia hora após o acidente. 

Acidente com trem urbano em Buenos Aires fere 340 pessoas

Sem mais artigos