Participante do reality show “Mulheres Ricas” e cantora.

CANTADA DE PEDREIRO

Emilio: Você passa ali na obra e os pedreiros chama, “ô, gostosa!”?
Aeilenn: Ainda não, vou fazer o teste pra ver o que vai dar.
Bola: Faz!
Emilio: Você é que tipo de rica? Rica fresquinha ou rampeira?
Aeilenn: Olha, na verdade eu nunca fui do tipo de rica que ficava falando que era.
Emilio: Mas você é rica?
Bola: É, você é muito nova…

RURAL

Aeilenn: Eu venho de uma família muito tradicional do Espírito Santo. O programa explora o lado rural, que eu não tenho problema em falar, assumo com muito orgulho. Fui criada da cidade, em Vitoria…
Emilio: Mas sua família tem fazendas?
Gui: Agricultores.
Aeilenn: Os fins de semana eram todos cuidando de cavalos ou competindo Brasil à fora… não sou o tipo de rica que fala que tem muito dinheiro.
Emilio: Bancada ruralista.

FESTEIRA, NÃO!

Aeilenn: Não sou de sair para muitas festas…
Emilio: Sério? Você é santa? Não é possível…
Aeilenn: Não to falando que eu sou santa.
Evandro: Ela é burguesa, é outro papo.
Aeilenn: Eu gosto de sair normal, mas não tenho necessidade de viver em baladas e nem todo fim de semana.
Bola: Quando você não sai, o que faz?
Aeilenn: Eu sou meio velha de cabeça. Eu vou ao teatro, cinema, gosto de sair pra jantar…
Emilio: Você é meio careta?
Aeilenn: Sim, sou meio careta.

Sem mais artigos